Níveis de Hormônio Masculino e incidência de doenças

O Nível de Hormônio Masculino considerado normal para o homem é de 300 à 1.000. Quem tem os níveis mais altos de Hormônio Masculino, tem uma redução de 41% na taxa de mortalidade, 48% de redução na mortalidade por doenças coronarianas e 29% de redução de câncer.

 

Quem tem níveis baixos de Hormônio Masculino tem as maiores taxas de mortalidade em todas as doenças, segundo recente pesquisa publicada na conceituada revista médica Circulation em 2007.

 

Como estão seus níveis deste hormônio? Você já iniciou sua reposição de Hormônio Masculino?

 

Manter níveis adequados deste hormônio, que é um dos principais combustíveis para o homem, é fundamental para a manutenção da performance e da saúde masculina.

 

Estes são alguns dos sintomas da deficiência de Hormônio Masculino, que melhoram muito com o tratamento adequado produzindo resultados inestimáveis para o homem:

 

-Obesidade abdominal;
-Aparência envelhecida;
-Cansaço, insônia;
-Diminuição da massa muscular e da força;
-Ondas de calor;
-Transpiração excessiva;
-Diminuição da libido e das ereções;
-Sensação de insegurança e indecisão;
-Depressão e ansiedade;
-Falta de iniciativa.

O tratamento da deficiência de Hormônio Masculino é seguro e fundamental para uma vida longa e ativa.

 

Converse com seu médico a respeito. Vale a pena. Pode mudar sua vida para melhor.

 

É sempre oportuno lembrar da importância da prática de exercícios e de uma alimentação saudável.
Fonte de consulta:
Endogenous testosterone and mortality due to all causes, cardiovascular disease and cancer in men: European prospective investigation into cancer in Norfolk

Deixe eu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.