Medicina preventiva

Medicina Preventiva medicina preventiva

A Medicina não é apenas a arte de curar, mas também a de prevenir doenças apoiando-se em um tripé formado por alimentação adequada, exercícios físicos e suplementação vitamínica e hormonal quando necessária.

A Clínica de Medicina Integrada oferece uma série de serviços e especialidades que, juntas, possibilitam de maneira personalizada a detecção e prevenção de diversos problemas de saúde. São testes genéticos que indicam se a pessoa tem, em seus genes, a predisposição a desenvolver tumores, diabetes, doenças coronarianas e até se certo alimento ou medicamento é bom ou ruim para seu organismo. Para as mulheres, permite identificar qual a melhor e mais segura terapia de reposição hormonal. Para os homens, analisa o risco de câncer de próstata. Com um verdadeiro mapa dos genes em mãos, o médico pode avaliar melhor quais remédios, terapias e alimentos são mais adequados para prevenir ou diminuir o risco do surgimento de doenças às quais o paciente tem predisposição.

Por meio de exames de sangue completos, a Dra. Márcia Telles, fundadora da Clínica de Medicina Integrada, também consegue analisar quais substâncias, hormônios e/ou vitaminas são necessários para o paciente, a fim de curar ou prevenir doenças.

Testes genéticos

A obesidade já é vista como uma “epidemia” mundial. É fácil perceber que a nossa alimentação é muito diferente em relação à dos nossos avós. Hoje temos à disposição muito mais produtos industrializados e fast food. Acontece que nem todo mundo tem aumento de peso por conta apenas da alimentação. É possível ganhar quilos a mais simplesmente porque se é geneticamente predisposto a isso ou porque os níveis hormonais estão alterados. + Testes Genéticos

Minerais

A deficiência de cálcio causa insônia, câimbras, nervosismo, cáries, osteoporose. A deficiência de magnésio causa confusão mental, nervosismo, tremores. Dra Márcia Telles. + Minerais

Altos níveis de vitaminas e minerais antioxidantes podem diminuir o risco de mortalidade

Foi publicado recentemente no Jornal Britânico de Nutrição, ligado a Universidade de Cambridge, uma pesquisa que revela o efeito protetor dos nutrientes contra várias doenças, diminuindo a mortalidade.

Nesta pesquisa, chamada de British National Diet and Nutrition Survey, foram acompanhados 1.054 participantes.

Os participantes que apresentaram níveis sanguíneos aumentados de Vitamina C e Vitamina E, Selênio e Zinco; tiveram uma redução na taxa de mortalidade.

Estudos adicionais serão conduzidos para determinar o efeito protetor de outros nutrientes, e para determinar sua importância na promoção de uma longevidade livre de doenças.

Você já está tomando a sua dose diária de vitaminas?

 

A maioria dos convênios médicos dão cobertura aos exames de sangue que determinam seus níveis de nutrientes permitindo a um médico especialista corrigir eventuais deficiências, e montar um programa nutricional individualizado, que poderá melhorar seu estado de saúde, evitando doenças.

Fonte de consulta:. British Journal of Nutrition 2010 Setembro 1
http://journals.cambridge.org/