Obesidade

Obesidadetestes-geneticos

A obesidade já é vista como uma “epidemia” mundial. É fácil perceber que a nossa alimentação é muito diferente em relação à dos nossos avós. Hoje temos à disposição muito mais produtos industrializados e fast food. Acontece que nem todo mundo tem aumento de peso por conta apenas da alimentação. É possível ganhar quilos a mais simplesmente porque se é geneticamente predisposto a isso ou porque os níveis hormonais estão alterados.

Com os avanços nas técnicas de diagnóstico, atualmente já é possível descobrir exatamente os motivos dos quilos a mais. Ou mesmo evitá-los.

A Clínica de Medicina Integrada oferece uma série de possibilidades de diagnóstico e de controle da obesidade. Por meio de testes genéticos, o paciente sabe se tem predisposição a engordar e se algum alimento ou medicamento é prejudicial a ele. Por meio da dosagem hormonal pode saber qual hormônio não está no nível satisfatório e se é necessária uma reposição. Diversos tipos de exame de sangue também indicam se há falta ou excesso de alguma vitamina ou mineral, que pode ser reposto meio de medicamentos ortomoleculares.

A Dra. Márcia Telles, fundadora da Clínica, trabalha com a dieta ortomolecular do índice glicêmico, que garante a perda de peso por meio de uma alimentação desenvolvida em evidências científicas.

Dieta Ortomolecular do Índice glicêmico

É uma dieta que integra os modernos conceitos e terapias da Ortomolecular aos estudos profundos do metabolismo dos carboidratos. É uma nova abordagem do emagrecimento e manutenção da saúde através de uma dieta saudável, que controla o consumo de carboidratos de alto valor glicêmico.

Os carboidratos de baixo índice glicêmico são digeridos e absorvidos lentamente, produzindo leves flutuações nas taxas sanguíneas de glicose e insulina, reduzindo-as e levando ao emagrecimento. Também previne doenças como a hipertensão, diabetes, candidíase, e evita o enfarte e o derrame.